Presidente da Famem debate vacinação contra a covid-19 com CNM e Ministro da Saúde

Em busca da ampliação das doses de vacinas contra a Covid-19 e de distribuição equânime para todos os municípios, o presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, prefeito de Igarapé Grande, Erlanio Xavier, participou nesta quarta-feira, 3, de uma reunião virtual com o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Glademir Aroldi, as entidades estaduais municipalistas, e o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

O presidente da entidade maranhense ressaltou a necessidade dos municípios maranhenses receberem mais doses das vacinas contra o novo coronavírus. Erlanio destacou que o Maranhão já ultrapassou as 5 mil mortes e os 220 mil casos. “Estamos enfrentando um aumento preocupante do número de casos da Covid-19, e ações em conjunto são urgentes para salvar vidas. Vamos seguir trabalhando para conter o avanço da doença”, disse.

A responsabilidade da União de comprar e distribuir as vacinas por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI) foi destacada. O movimento municipalista cobrou posicionamento da pasta federal neste sentido a fim de evitar acirramentos do pacto federativo e, principalmente, de garantir a vacinação para o enfrentamento da pandemia de Covid-19 no país.

Segundo o ministro da Saúde, há negociações em andamento com a Pfizer para a aquisição de doses e a intenção de fechar contrato ainda nesta quarta. “A boa notícia é que teremos mais uma vacina com essa contratação, com as cláusulas não tínhamos como assumir. Mas nós conseguimos essa autorização [do Congresso] que vai nos dar essa possibilidade”, afirmou Pazuello. Com a medida, o ministro também citou ser possível negociar com a Janssen. Hoje, o Brasil tem vacinas da Coronavac e da Astrazeneca.

O presidente da CNM, Glademir Aroldi, destacou que o temor dos prefeitos é que o governo federal não cumpra o calendário de imunização. Por isso, reforçou que é fundamental um posicionamento claro sobre as aquisições de vacinas. “Todas as vacinas devem ser disponibilizadas pelo PNI, para que as regiões mais necessitadas não sejam mais uma vez prejudicadas”, opinou. Para evitar o conflito federativo, os representantes municipais disseram, na reunião, que é preciso diálogo e unir esforços em todas as esferas de governo. A vacinação é apontada pelo movimento municipalista como o caminho para preservar a saúde dos brasileiros e para a retomada econômica do país.

Questionado, o ministro da Saúde assumiu compromisso com o PNI e a necessidade de fortalecê-lo, reconhecendo o papel da União em centralizar as compras de vacinas e distribuí-las. “Nossa posição continua sendo que nenhum brasileiro, Estado, Município é melhor do que outro. Nosso pacto federativo não pode ser quebrado”, disse.

Quanto ao número de doses, Pazuello disse que 2,5 milhões de doses foram encaminhadas aos Estados e devem chegar aos Municípios até quinta-feira, 4 de março. Com esse montante, são quase 18 milhões de doses distribuídas até agora, segundo o ministro. Entre 15 e 20 de março, a pasta aguarda produção da Fiocruz, o que resultaria em mais 4 milhões de doses. Em uma possível contratação com a Pfizer, Pazuello informou que a maior parte das doses é prevista apenas para o segundo semestre. A promessa do ministro é que até junho metade da população brasileira estará vacinada e que a outra metade será imunizada até o fim de 2021.

Além da vacinação, Pazuello apontou como fundamental para enfrentamento do coronavírus a longo prazo, o atendimento primário nas unidades básicas de saúde e a oferta de leitos. “Os Municípios são peça fundamental desse jogo, onde vivem os brasileiros, onde adoecem e podem vir a óbito. Talvez seja a função executiva mais complicada no nosso país, até mais do que a minha”, avaliou.

Após o encontro, o Conselho Político da CNM, formado por todas as entidades estaduais municipalistas, se reuniu para debater o tema. Em breve, o Conselho emitirá nota de posicionamento.

Governo do Estado confirma hospital regional para Governador Nunes Freire

O prefeito Josimar da Serraria esteve, nesta quarta-feira, 03, em audiência com o secretário de estado da saúde, Carlos Lula, da qual também participaram o secretário-chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares e a advogada Natália Oliveira.

Esteve em pauta o assunto mais importante para a saúde do município, que é o grande sonho da população: a aquisição de um hospital de 50 leitos, que atenda à população de Governador Nunes Freire e municípios vizinhos.

O prefeito Josimar da Serraria saiu da reunião com a garantia, dada pelo secretário de saúde, Carlos Lula, e pelo secretário-chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, de que Governador Nunes Freire terá um hospital regional com 50 leitos.

O secretário Carlos Lula fez questão de mandar um recado para a população nunesfreirense sobre a futura aquisição:

“Quero dizer ao povo de Governador Nunes Freire que hoje saímos daqui com a solução definitiva da aquisição de um hospital para Governador Nunes Freire. O Governo do Estado, juntamente com a Prefeitura de Governador Nunes Freire, vai levar esse presente para a população. Teremos uma nova unidade que vai servir melhor as pessoas, e que, com certeza, vai fazer muita diferença para a região. É com esse compromisso que saímos daqui, hoje”, afirmou o secretário.

O secretário- chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, informou que as providências serão tomadas pela secretaria de saúde: “É uma satisfação participar dessa reunião. É determinação do governador Flávio Dino que nós encontremos uma solução definita para a construção de um hospital regional em Governador Nunes Freire. Saímos dessa audiência com a certeza de que encontramos o caminho. A secretaria de saúde iniciará as providências técnicas e administrativas para que nós, no menor espaço de tempo, possamos dar resolutividade para a saúde na região”, declarou o secretário.

Satisfeito, o prefeito Josimar da Serraria destacou o quanto a aquisição do hospital regional fará diferença para o município:

“Hoje vivemos uma situação difícil, com o funcionamento do hospital em prédio alugado, cujo valor nós poderíamos estar utilizando na aquisição de insumos para melhor atender à população. Com o hospital regional, esse problema vai acabar. Poderemos ter mais recursos para a saúde e, com o novo hospital, atender com excelência o nosso povo e regiões vizinhas”, declarou.

Prefeitura de Gov. Nunes Freire monta força-tarefa para fiscalizar protocolo sanitário em estabelecimentos comerciais

A Prefeitura Municipal de Governador Nunes Freire, por meio da Secretaria de Administração, realizou uma reunião com vários segmentos da gestão, com o objetivo de montar uma força-tarefa para intensificar o trabalho de fiscalização e conscientização acerca do cumprimento do decreto Nº 016/2021, de 25 de fevereiro, dispõe sobre as medidas de prevenção de enfrentamento à transmissão da covid-19, no âmbito do município de Governador Nunes Freire.

Participaram da reunião representantes dos agentes de endemias, dos agentes de saúde, da Guarda Municipal e de algumas secretarias, com destaque para o secretário de Governo Paulo Marinho, entre outros representantes.

A estratégia debatida durante a reunião foi montar uma força-tarefa nos comércios locais para coibir aglomerações, fazer cumprir o distanciamento social, uso da máscara e álcool em gel, além da higienização em todos os estabelecimentos.

A prefeitura tem feito um grande esforço em prol da proteção da população acerca da proliferação da COVID-19 em Governador Nunes Freire. Desde o início desse ano o Governo de Transformação tem regulamentado, por meio de decreto, o cumprimento das normas sanitárias no município. Sempre atendendo aos termos dos decretos estaduais, a prefeitura, em janeiro, publicou o primeiro decreto, que suspendia as festas carnavalescas, demais eventos com aglomerações e regulamentava o uso rigoroso dos protocolos sanitários estabelecidos pelo Ministério da Saúde. No início de fevereiro, um novo decreto prorrogou o prazo, mantendo a suspensão de eventos com aglomerações e o rigor dos protocolos sanitários.

Na última quinta-feira, 25, um terceiro decreto foi publicado com nova prorrogação de prazo. Dessa vez, a prefeitura decidiu pela intensificação da fiscalização e do trabalho de conscientização, por meio de uma força-tarefa.

Várias equipes formadas por agentes de endemias, agentes de saúde, guardas municipais e outros colaboradores estarão nas ruas para fazer cumprir a regulamentação do decreto.

Presente na reunião organizada pela prefeitura, o subcomandante da Guarda Municipal Vanderson Azevedo informou que a fiscalização será intensa, mas, no intuito de conscientizar e orientar.

“Nós iremos trabalhar em parceria com agentes de endemias e agentes de saúde. O município pode contar com total apoio da Guarda Municipal. Estaremos focando em todos os protocolos recomendados pela Organização Mundial da Saúde. Ressalto que a nossa participação será feita no sentido de fiscalização, conscientização, orientação, para que as pessoas possam seguir as recomendações dadas por meio dos decretos, tanto estadual quanto municipal”, esclareceu.

O secretário de administração, Fábio Andrade, falou sobre a intensificação das fiscalizações para o cumprimento do decreto referente à prevenção contra a COVID-19. E conclamou os comerciantes a colaborarem com o trabalho que será realizado pela força-tarefa:

“A própria população está nos cobrando a intensificação da fiscalização. Estamos vendo o aumento da contaminação em nosso estado, e mais grave ainda, com uma variante muito mais forte. Por isso, contamos com o apoio dos comércios locais. Que eles sigam as recomendações do Ministério da Saúde. Nós pedimos a compreensão e a colaboração de todos, para que nos ajudem a combater o perigo da COVID. É uma questão de todos. Se não nos unirmos para enfrentar, de fato, essa pandemia, vamos continuar perdendo pessoas”, constatou o secretário.

Acesse aqui o Decreto 016/2021 que prorroga a proibição de festas e outros :   http://portal.governadornunesfreire.ma.gov.br/download/016-2021-decreto-que-dispoe-sobre-a-revogacao-proibicao-de-festas-e-outros/?preview_id=1626&preview_nonce=b344b322a9&_thumbnail_id=-1&preview=true

Presidente da Famem participa de reunião com poderes; decisão foi de mais medidas restritivas

Nesta segunda-feira (1º), o presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, prefeito de Igarapé Grande, Erlanio Xavier, participou de uma reunião com o governador do Maranhão, Flávio Dino, os prefeitos da Grande Ilha, os chefes dos Poderes Judiciário e Legislativo e a direção do Hospital Universitário para tratar sobre as novas ações de combate ao coronavírus.

Durante a reunião foram discutidas medidas mais restritivas contra a covid-19. Entre as novas medidas, estão a suspensão do serviço público presencial, expansão das linhas de ônibus, restrição a eventos festivos e reforço à fiscalização. As ações terão efeito pelos próximos dez dias.

Em sua fala, o presidente da entidade municipalista destacou a importância de adotar medidas mais severas para conter o avanço da Covid-19 Maranhão. Ele ainda defendeu uma medida mais extrema caso a situação se agrave e for necessário. “Devido o grande número de vidas que se perderam, a federação dos municípios estava quase pedindo o lockdown. Mas em diálogo e bom acordo, vamos ter medidas mais severas. E se a situação agravar, precisaremos recorrer ao bloqueio total”, disse.

Flávio Dino ouviu as demandas de cada município, dialogou com os representantes dos poderes e apresentou o cenário atual, com dados, mostrando crescimento na ocupação dos leitos e aumento da taxa de contágio do coronavírus no Maranhão.

“Estamos descartando a possibilidade de nesse momento haver um lockdown total. O que faremos é uma edição de normas com restrições de certas atividades, inicialmente pelo período de 10 dias, como restrições de grandes aglomerações, eventos que envolvam muitas pessoas, eventos festivos”, disse o governador.

O chefe do executivo anunciou ainda que serão intensificadas as fiscalizações, com novas restrições, após reunião com o setor empresarial que acontecerá na terça-feira (2). O novo decreto será editado após a reunião com o setor empresarial.

Além do presidente da Famem, estiveram presentes o defensor público geral, Alberto Pessoa Bastos; o procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau; os prefeitos Eduardo Braide (São Luís), Dr. Julinho (São José de Ribamar), Paula Azevedo (Paço do Lumiar), Eudes Sampaio (Raposa); o vice-prefeito de Raposa, Márcio Greik; o superintendente do Hospital Universitário da UFMA, Joyce Santos; a sub-secretária de Saúde, Karla Trindade; o presidente da EMSERH, Marcos Grande; o presidente do TJ, Lourival Serejo; o diretor geral do TJ, Mario Lobão; o vice-presidente do TCE, Washington Oliveira; o presidente da ALEMA, deputado Othelino Neto; o secretário adjunto de Comunicação de São Luís, Igor Almeida; o procurador do município de Paço do Lumiar, Adolfo Fonseca; e os secretários de Estado, Carlos Lula (Saúde), Marcelo Tavares (Casa Civil), Simplício Araújo (Indústria e Comércio), Ricardo Cappelli (Comunicação), Marcos Pacheco (Políticas Públicas), Márcio Jerry (SECID) e Diego Galdino (Governo).

Povoado Portão recebe mutirão de saúde com diversos atendimentos

Dando prosseguimento à série de mutirões nos povoados, com o objetivo de levar diversos atendimentos em saúde para população, a Prefeitura Municipal de Governador Nunes Freire, por meio da Secretaria de Saúde, dessa vez foi até o Povoado Portão, há 28 quilômetros da sede, nesta sexta-feira, 26. A atividade aconteceu na Unidade Básica de Saúde do povoado.

Durante o dia, foram ofertados atendimentos médicos com consultas, odontologia, aferição de pressão, glicemia, preventivos, testes rápidos HIV, sífilis e hepatite B e C, além de atualização de vacinas. A equipe contou com médico, enfermeiros, vacinadores, agentes comunitários de saúde e dentista.

De acordo com a secretária Ângela Rabelo, os mutirões estarão acontecendo nos povoados como uma ação periódica, com intervalo regular de 15 a 20 dias.

“A nossa intenção é fazer um mutirão em todos os povoados a cada vinte dias, no máximo, para que o povo consiga, ter as consultas de retorno para as medicações e exames. A nossa intenção é sempre dar continuidade nos serviços de saúde para a zona rural, que tem muitas carências”, informou a secretária.

O vereador José Neto (MDB), que se empenhou na mobilização para o comparecimento das pessoas do povoado, fez um balanço da repercussão da ação para a comunidade:

“A população do Portão ficou muito agradecida. Todos sabemos das dificuldades encontradas para ter um atendimento de saúde, então o serviço foi muito bem-vindo. Quero parabenizar o prefeito Josimar da Serraria por esse esforço dedicado em prol do povoado. Estamos vendo o empenho da administração municipal, que já está trazendo resultados ainda no começo da gestão. Acreditamos que, em breve, o posto de saúde do Portão vai estar funcionando de forma integral e trazendo mais benefícios ainda para os moradores”, avaliou o vereador.

Presidente da Famem discute com MPMA e DPE sobre vacinação contra a Covid-19 no Maranhão

O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Erlanio Xavier, se reuniu na manhã desta sexta-feira, 26, com o procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau e o defensor-geral do Estado, Alberto Bastos, para discutir a demora da vacinação no estado do Maranhão.

Também participaram do encontro o prefeito de Presidente Dutra, Raimundo Alves Carvalho, o presidente da Associação de Pais e Alunos de Instituições de Ensino do Estado do Maranhão (Aspa/MA), Marcelo Freitas, e o diretor da Secretaria para Assuntos Institucionais do MPMA, José Márcio Maia Alves.

Durante o encontro, o presidente da Famem observou que alguns municípios, embora estejam vacinando os grupos prioritários, não estão alimentando os sistemas, o que tem sido tema de orientações por parte da Federação. No entanto, Erlanio Xavier também destacou a importância de maior agilidade no processo de vacinação, em especial devido ao agravamento da pandemia.

“Nós estamos chegando ao limite de ocupação de leitos, então a Famem está em diálogo com o Ministério Público e o Estado e vamos tomar atitudes mais severas para reduzir o avanço do vírus que está avançando rapidamente”, alertou o prefeito de Igarapé Grande. No município, um novo decreto suspendeu aulas particulares por 15 dias e reduziu a quantidade de pessoas permitidas em restaurantes e bares, entre outras medidas.

Eduardo Nicolau demonstrou a sua preocupação com os baixos índices de vacinação, em especial no interior do estado, bem como com a elevação nos índices de ocupação de leitos hospitalares em vários municípios. “Precisamos ter foco na garantia da vida e da saúde do nosso povo. Por isso estamos reunindo diversas instituições para discutir a realidade que estamos enfrentando e apontar caminhos para vencer esse momento difícil”, afirmou.

Marcelo Freitas afirmou que o avanço do novo coronavírus tem atingido mais crianças, estando dez delas internadas em UTIs em todo o estado. Para o presidente da Aspa/MA, medidas mais rígidas podem levar à suspensão de aulas. “Entendemos que muitos pais precisam que seus filhos estejam nas escolas enquanto trabalham, mas precisamos contar com a sensibilidade de todos”, ressaltou.

Turilândia recebe segundo lote de vacinas CoronaVac para idosos

A Prefeitura Municipal de Turilândia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, representada pela Coordenadora da Atenção Básica, Alcilene Andrade, recebeu na última quarta-feira, 24, o segundo lote de vacinas CoronaVac, que serão destinadas a imunização de idosos com idade igual ou superior a 90 anos e profissionais da saúde.

“Se você faz parte do grupo prioritário compareça ao Posto de Saúde Tiago Marques Costa e vacine-se”, disse Alcilene Andrade.

Até o momento, o município de Turilândia recebeu 528 doses da vacina contra a Covid-19.

O prefeito Paulo Curió assegura todos os equipamentos e recursos humanos para garantir a vacinação contra o novo coronavírus de forma efetiva.

Prefeitura de Governador Nunes Freire realiza mutirão de saúde para a população do povoado CR Almeida

Com o objetivo de levar diversos atendimentos em saúde para população de localidades mais afastadas da sede, a Prefeitura Municipal de Governador Nunes Freire, por meio da Secretaria de Saúde, está realizando mutirões de saúde nos povoados. Nesta quinta-feira (25), o povoado foi CR Almeida. A atividade aconteceu na Unidade Básica de Saúde do povoado, agora totalmente reformada.

Durante o dia foram ofertados atendimentos médicos, de enfermagem, odontologia, aferimento de pressão, glicemia capilar, preventivos, testes rápidos HIV, sífilis e hepatite B e C e imunização de rotina. A equipe contou com médico, enfermeiros, vacinadores, agentes comunitários de saúde e dentista.

A ação faz parte do cronograma regular da Atenção Básica e da política de atenção à saúde pública. O apoio para que os moradores do povoado e regiões vizinhas comparecessem para receber os serviços teve a parceria dos vereadores Fred do Chagas (PL) e Irisneide da Pesca (PT).

Em CR  Almeida, assim como em outros povoados, o Governo de Transformação começou a realizar ações para que todos tenham acesso a saúde de qualidade.

A secretária municipal de Saúde, Ângela Rabelo, reforçou o compromisso do prefeito Josimar da Serraria em garantir benefícios para a saúde do município. “Essas ações são importantes para democratizar o acesso à saúde, e nós levamos esses serviços para ficarmos mais próximos da população. Essa é a forma de trabalhar do Governo de Transformação”, disse.

Nesse primeiro momento, foram realizados cerca de 58 atendimentos médicos, 10 preventivos, 25 odontológicos, 56 testes rápidos, 35 vacinações e 16 atendimentos de enfermagem.

São Luís retoma vacinação de idosos por faixa etária contra a Covid-19

Com a chegada de novas doses da vacina AstraZeneca (9.210 doses), a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, retomou nesta quinta-feira (25), a vacinação de idosos por faixa etária contra a Covid-19, seguindo o calendário de vacinação. Hoje, os idosos de 83 anos foram vacinados; nesta sexta (26), será a vez dos idosos de 82 anos; no sábado (27), os de 81 anos; e, na próxima segunda (1º/03), serão atendidos os idosos de 80 anos. A estimativa é que sejam vacinados mais de 6 mil idosos nessa etapa.

“É imprescindível que os idosos estejam cadastrados na plataforma Vacina São Luís, pois é por meio dela que podemos estimar a quantidade de idosos a serem vacinados por faixa etária e, assim, avançarmos em nosso cronograma de imunização”, ressalta o secretário municipal de saúde, Joel Nunes.

Simultaneamente, a Prefeitura está realizando a vacinação dos idosos acamados. Em média, 100 pessoas são vacinadas por dia.

Profissionais de saúde

Além dos idosos, os profissionais da Saúde continuam sendo vacinados com a segunda dose, para completar o ciclo de imunização. Os serviços para esse público estão sendo oferecidos no Centro Municipal de Vacinação (Multicenter Sebrae). O profissional precisa levar o cartão de vacinação e seu documento de identificação para receber a segunda dose do imunizante.

Profissionais de Saúde de Governador Nunes Freire recebem a segunda dose da vacina contra covid-19

Por meio da Secretaria Municipal de Saúde, a Prefeitura de Governador Nunes Freire tem realizado a vacinação de idosos acima de 80 anos e a segunda dose dos profissionais que atuam na linha de frente e tomaram a primeira dose em janeiro.

De acordo com a secretária de Saúde, Angela Rabelo, a conclusão da vacinação de profissionais da linha de frente traz boas expectativas. “O prefeito Josimar da Serraria prioriza o bem estar dos profissionais e a expectativa da segunda dose é ver a eficiência da vacina”, comentou.

Para o prefeito Josimar da Serraria, a aplicação da segunda dose é mais um passo importante no combate ao novo coronavírus. “Começamos a vacinação da segunda dose para os nossos profissionais da Saúde. É mais um passo significativo no enfrentamento da pandemia em Governador Nunes Freire”, disse.

Segundo o cronograma estabelecido, a terceira fase da vacinação será para pessoas de 75 à 78 anos.