Presidente da Famem participa de reunião com poderes; decisão foi de mais medidas restritivas

Nesta segunda-feira (1º), o presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, prefeito de Igarapé Grande, Erlanio Xavier, participou de uma reunião com o governador do Maranhão, Flávio Dino, os prefeitos da Grande Ilha, os chefes dos Poderes Judiciário e Legislativo e a direção do Hospital Universitário para tratar sobre as novas ações de combate ao coronavírus.

Durante a reunião foram discutidas medidas mais restritivas contra a covid-19. Entre as novas medidas, estão a suspensão do serviço público presencial, expansão das linhas de ônibus, restrição a eventos festivos e reforço à fiscalização. As ações terão efeito pelos próximos dez dias.

Em sua fala, o presidente da entidade municipalista destacou a importância de adotar medidas mais severas para conter o avanço da Covid-19 Maranhão. Ele ainda defendeu uma medida mais extrema caso a situação se agrave e for necessário. “Devido o grande número de vidas que se perderam, a federação dos municípios estava quase pedindo o lockdown. Mas em diálogo e bom acordo, vamos ter medidas mais severas. E se a situação agravar, precisaremos recorrer ao bloqueio total”, disse.

Flávio Dino ouviu as demandas de cada município, dialogou com os representantes dos poderes e apresentou o cenário atual, com dados, mostrando crescimento na ocupação dos leitos e aumento da taxa de contágio do coronavírus no Maranhão.

“Estamos descartando a possibilidade de nesse momento haver um lockdown total. O que faremos é uma edição de normas com restrições de certas atividades, inicialmente pelo período de 10 dias, como restrições de grandes aglomerações, eventos que envolvam muitas pessoas, eventos festivos”, disse o governador.

O chefe do executivo anunciou ainda que serão intensificadas as fiscalizações, com novas restrições, após reunião com o setor empresarial que acontecerá na terça-feira (2). O novo decreto será editado após a reunião com o setor empresarial.

Além do presidente da Famem, estiveram presentes o defensor público geral, Alberto Pessoa Bastos; o procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau; os prefeitos Eduardo Braide (São Luís), Dr. Julinho (São José de Ribamar), Paula Azevedo (Paço do Lumiar), Eudes Sampaio (Raposa); o vice-prefeito de Raposa, Márcio Greik; o superintendente do Hospital Universitário da UFMA, Joyce Santos; a sub-secretária de Saúde, Karla Trindade; o presidente da EMSERH, Marcos Grande; o presidente do TJ, Lourival Serejo; o diretor geral do TJ, Mario Lobão; o vice-presidente do TCE, Washington Oliveira; o presidente da ALEMA, deputado Othelino Neto; o secretário adjunto de Comunicação de São Luís, Igor Almeida; o procurador do município de Paço do Lumiar, Adolfo Fonseca; e os secretários de Estado, Carlos Lula (Saúde), Marcelo Tavares (Casa Civil), Simplício Araújo (Indústria e Comércio), Ricardo Cappelli (Comunicação), Marcos Pacheco (Políticas Públicas), Márcio Jerry (SECID) e Diego Galdino (Governo).

Governador Nunes Freire inicia vacinação contra COVID-19 para idosos com 80 anos ou mais

A Prefeitura de Governador Nunes Freire, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, deu início nesta quinta-feira (11) à vacinação contra COVID-19 para idosos com 80 anos ou mais. O grupo prioritário está sendo imunizado em uma ação realizada, de segunda à sexta, de 8h às 12h e de 14h às 18h, no Centro de Saúde, na sede da cidade.

Para agilizar o processo de vacinação, os idosos podem se dirigir ao centro de saúde, que serão vacinados. No local, eles deverão apresentar documento de identificação com foto e CPF, cartão do SUS ou cartão de vacina, se tiver.

Segundo a secretária municipal de Saúde, Angela Rabelo, os idosos acamados ou impossibilitados de comparecer ao centro devem ligar para a unidade de saúde mais próxima para realizar o cadastro e receber a vacina em casa.

A vacinação de idosos com 80 anos ou mais continua nesta sexta-feira (12) e na próxima segunda-feira (15) ou até esgotarem as doses enviadas pelo Governo do Estado. Segundo o cronograma, as etapas e datas serão atualizadas de acordo com o fornecimento das doses da vacina feitas pela Secretaria de Estado de Saúde.

O município recebeu 140 doses do Butantã para imunizar este grupo prioritário. Na primeira fase, foram recebidas 210 doses do laboratório Butantã e 170 do laboratório Fio Cruz para os profissionais da saúde.

A prorrogação do estado de calamidade é necessária para a recuperação do Brasil, defende senador Weverton

O início da vacinação no Brasil trouxe um sopro de esperança para 2021. É o começo da superação de uma pandemia avassaladora, que tem levado milhares de vidas e abalado a economia. Mas se já demos o primeiro passo, é preciso estar consciente que a caminhada ainda é longa. O aumento de novos casos e o número insuficiente de vacinas para imunizar toda a população recomendam cautela no otimismo. O ano ainda será difícil para a saúde, para o emprego e para o setor produtivo. Diante deste cenário, é imperativo que o Congresso Nacional aprove o mais rápido possível a prorrogação do estado de calamidade em função da pandemia do coronavírus.

No início de janeiro, apresentei um projeto de decreto legislativo que prorroga o estado de calamidade, encerrado automaticamente em dezembro de 2020. Esse PDL deverá ser pautado logo em fevereiro e permite que União, estados e municípios gerenciem recursos de acordo com as necessidades prioritárias da população, usufruindo de um alívio temporário nas exigências de austeridade no cumprimento das metas fiscais. A medida não representa um passaporte ilimitado para gastos públicos, já que uma comissão de deputados e senadores acompanha a situação fiscal e a execução orçamentária e financeira das medidas emergenciais relacionadas à covid-19. Trata-se de uma abertura excepcional na margem fiscal, para que que se possa fazer o necessário no enfretamento da crise sanitária e econômica.

O decreto de calamidade permite, por exemplo que estados e municípios voltem a receber, se necessário, socorro financeiro. Afinal, o prognóstico de continuidade na baixa atividade econômica, que certamente prejudicará a arrecadação municipal e estadual, comprometendo obras e serviços fundamentais para a população.

Prefeitos recém-eleitos e governadores tem pela frente a árdua tarefa de garantir saúde pública capaz de atender a demanda crescente nesse início de ano, organizar a retomada do ano letivo, oferecendo condições de ensino com segurança para os alunos, e ainda manter os serviços básicos necessários ao pleno funcionamento das cidades e dos estados. Com regras fiscais draconianas isso não será possível em 2021.

Esperamos que a situação melhore nos próximos trimestres, que a capacidade de vacinação do país se amplie e a pandemia comece a ser superada, para que o país recupere todo o seu potencial de produtividade. Mas é necessário primeiramente reconhecer que diante da excepcionalidade dos tempos em que estamos vivendo, precisamos de soluções excepcionais. A prorrogação do estado de calamidade é um passo necessário para garantir as condições favoráveis de recuperação do país.

Senador Weverton, líder do PDT no Senado

Governador Nunes Freire tem 283 recuperados de covid-19

 

O município de Governador Nunes Freire registrou, nesta segunda-feira (1º), o número de 283 pacientes recuperados de covid-19.

O número de novos infectados, entretanto, também subiu. O número total de confirmados é de 528, sendo 236 ativos. O boletim registra 09 óbitos.

 

Boa Vista do Gurupi tem primeiro caso confirmado de coronavírus

O prefeito de Boa Vista do Gurupi, Antônio Batista confirmou neste domingo (03), em seu Facebook, o primeiro caso de coronavírus no município.

Trata-se de paciente com 31 anos de idade que está sob cuidado médico e em isolamento.

“Infelizmente mesmo com todo trabalho e esforços que estamos fazendo, acabamos de registrar o primeiro caso confirmado de covid-19 em Boa Vista do Gurupi”, disse Antônio.

Na nota, o chefe do executivo ainda alerta para a população respeitar as orientações da equipe da secretaria de saúde e manter o isolamento social.

Maracaçumé tem primeiro caso confirmado do novo coronavírus

O município de Maracaçumé confirmou nesta quarta-feira (29) o primeiro caso positivo do novo coronavírus.

O paciente trata-se de uma pessoa de 54 anos, sem nenhuma doença pré-existente e que teve o diagnóstico confirmado nesta quarta-feira.

A Secretaria Municipal de Saúde afirmou ao blog do Fernando Nascimento que os sintomas apresentados pela paciente foram febre, dor de cabeça persistente e alteração de paladar.

Em isolamento domiciliar, a paciente está estável e segue em acompanhamento dos profissionais de saúde.

Ao todo, são 6 casos suspeitos, 3 casos descartados e 1 caso confirmado.

A exemplo dos outros municípios da região, Maracaçumé vive a falta de respeito ao isolamento social por grande parte da população.

“Essa confirmação reforça a importância do distanciamento social, do uso de máscaras, higienização adequada das mãos e o não compartilhamento de utensílios” afirmou a SEMUS.

No município também circulam notícias falsas sobre casos confirmados, todavia a situação tem sido tratada com extrema responsabilidade pela equipe da SEMUS e todos os casos estão sendo divulgados pela equipe.

Maranhão registra 1320 casos confirmados de coronavírus

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) contabiliza 115 novos casos positivos por laboratório de Covid-19 no Maranhão.

De acordo com os dados divulgados neste domingo (19), sobe para 1320 o número de casos positivos, sendo 54 mortes.

A SES registra, ainda, 68 casos descartados e 132 pessoas recuperadas.

Prefeitura de Gov. Nunes Freire se manifesta sobre suposto caso de funcionária com Covid-19

Após informações circuladas sobre um suposto caso de uma funcionária da Secretaria de Saúde de Governador Nunes Freire com coronavírus, a Prefeitura se manifestou em nota esclarecendo que a funcionária encontra-se em observação.

Ela apresenta características típicas do vírus, mas ainda não foi confirmado. A mesma foi submetida a exames que atestará se ela está ou não com Covid-19. O resultado será divulgado em até 14 dias.

Segundo a nota, se ela estiver com coronavírus, acredita-se que o contágio possa ter sido na sua cidade de origem, São Luís.

A secretaria ainda informou que está localizando as pessoas que possam ter contato com a servidora por caráter preventivo e que estão tomando todas as medidas cabíveis.

Prefeitura emite nota sobre caso de nunesfreirense com coronavírus

Após a divulgação do boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES), a Prefeitura Municipal de Governador Nunes Freire, por meio do Comitê de Prevenção ao Coronavírus, confirmou o caso de um morador do município com o Covid-19.

O paciente encontra-se em São Luís em isolamento e monitorado por uma equipe.

Segundo nota, o paciente é do sexo masculino, com disfunção renal crônica.

A prefeitura ainda descartou outros três casos suspeitos.